Fundação Ernani Sátyro
  • Lançamento do Livro “Um Convite à Utopia” Acontece Nesta Sexta na Funes.
  • Funes e o Bloco “Lá Vem o Zé da Trompa” promovem a 12a. Mostra Patoense de Músicas Carnavalescas
  • Funes Promove o Grande Encontro
  • Funes Promove Concerto de Natal.
  • Inauguração de biblioteca e lançamento de livro marcam a participação da FUNES no Projeto “Patos Mostra Cultura”

Hemeroteca Miguel Satyro

A palavra hemeroteca significa depósito e coleção; refere-se a qualquer coleção de jornais ou revistas. E Miguel Satyro, devido ser um dos pioneiros da imprensa no sertão paraibano e por ser pai de Ernani Satyro foi homenageado com a hemeroteca que leva o nome deste reconhecido coronel. Ele foi um dos primeiros a editar um jornal nas placas sertanejas, entre eles, “O Jornal Sertão” que circulou entre 1916 a 1918 e em segunda fase, de 1924 a 1926.

Visando resguardar os jornais e revistas da cidade de Patos e do Estado da Paraíba, a hemeroteca recebe diariamente historiadores, estudantes, colecionadores, que buscam uma pesquisa no material lá existente, além de todos os exemplares do Diário Oficial do Estado, do período de 1940 a 2010. A hemeroteca possui ainda um rico acervo jornalístico, contando com exemplares antigos de A União (1935 a 1990), O Norte (1963 a 1991), Diário da Borborema (1963 a 1986), Jornal da Paraíba (1972 a 1989, Correio da Paraíba (1955 a 1989), além de jornais de circulação nacional, como Jornal do Brasil, O Globo, Correio Braziliense e Folha de São Paulo.

A hemeroteca Miguel Satyro está localizada na Rua Galim Assis, antiga Rua da Pedra, no centro de Patos. Seu funcionamento acontece de segunda a sexta, nos períodos da manhã e tarde.